Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Força de vontade, segredo de santidade
29/07/2021 14:17 em Novidades

Hoje, é dia de Santa Marta, e o que mais me encanta na personalidade de Marta, que é diferente de Maria e Lázaro, que eram irmãos, é a decisão dela — você pode olhar pelo Evangelho, aquelas passagens onde Marta aparece –, a atitude de chegar em Jesus e dizer a Ele que colocasse sua irmã Maria para trabalhar, porque ela estava lá sentada, escutando o Mestre, enquanto ela (Marta) estava ocupada com os afazeres da casa. Essa atitude indica uma pessoa determinada, decidida, e Marta tinha vontade, e Jesus a amava assim, Ele amava este ser decidido e determinado de Marta.

Foi por causa de Marta que Jesus ressuscitou Lázaro. Ela mesma falou decidida com Jesus: “Senhor, se estivesse aqui, ele não haveria morrido!”.  E ela não falou chorosa, ela foi firme! 

Jesus, no entanto, não veio, mesmo sabendo de tudo. Ele sabia que Lázaro estava mal, mas não veio. Foi como se Marta desse um pito de irmã em Jesus: “Se tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido!”. Jesus disse a ela: “Tudo o que pedirdes ao meu Pai que está no céu, ele lhes concederá”.

Marta era assim decidida, ela ousava sua vontade!

Hoje, eu vejo a graça que Deus nos quer dar de retomarmos a nossa vontade e a usarmos, porque até mesmo nesta questão de sermos livres, de sermos totalmente livres, o que o inimigo fez foi tirar a nossa vontade. E você sabe bem a diferença entre vontade, portanto, uma coisa é ser uma pessoa decidida, voluntariosa, uma pessoa determinada; e outra questão são as pessoas que querem fazer todas as suas vontades, crianças e até adultos, ou até mesmo você, que quer fazer todas as suas vontades atrás da tentação do inimigo, de você ser livre. E nessa tal de sua liberdade, de você fazer apenas a sua vontade, na verdade, você não usa a sua vontade, acaba sendo adolescentes, com a bola cheia pelo inimigo, fazendo toda a vontade dele! 

Deus quer nos devolver a nossa capacidade de ordenar a nossa vontade para termos uma vontade forte! É um grande dom que o Senhor nos deu, a nossa vontade. 

Diga comigo: Eu quero, Senhor, e essa é a minha primeira decisão, eu quero aproveitar desta graça. O Senhor está me concedendo esta graça, e eu não quero perder a graça de usar a minha vontade, pois é um grande dom que o Senhor me deu. Eu preciso usar a minha vontade, eu preciso ser uma pessoa decidida, determinada, e para isso, Senhor, eu preciso ter força de vontade; eu não posso continuar fazendo as minhas vontade, enganando a mim mesmo, por isso eu preciso usar a minha vontade e, com força de vontade, decidir-me. Dê-me a graça, Senhor! 

Eu quero, Senhor, como Marta, ser uma pessoa decidida e terminada!

Santa Maria, Rogai por nós! 

 

Força da vontade o segredo de santidade – Monsenhor Jonas Abib (29/07/2021) 

 

Fonte: Canção Nova

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!